Sinfonia Clássica em Ré Maior op. 25 de Serguei Prokofiev

A Sinfonia no.1 do grande compositor do século XX Serguei Prokofiev é uma das maravilhas da música. Ela é um patische, ou melhor, uma imitação estilística da era clássica, daí ser apelidada de Sinfonia Clássica; é uma das primeiras composições neo-clássicas da história musical.

Ela foi composta como exercício de composição em 1916-1917 e o seu estilo baseia-se principalmente em Haydn, apenas tendo um pouco de Mozart e de outros compositores, mas adicionado a uma linguagem pessoal de Prokofiev e a reflexos modernos composicionais. O facto é que Prokofiev exagera no estilo de maneira tal que é incrível como ele consegue chegar a um mundo tão cómico no primeiro movimento. O maestro Leonard Bernstein chegou a afirmar que quando ouviu a obra pela primeira vez aos 15 anos caiu no chão em gargalhadas. E Prokofiev enunciou-se sobre tal:

«Pensei que, se Haydn ainda hoje estivesse vivo, ele iria compor assim como ele sempre fez, mas, ao mesmo tempo, iria incluir algo de novo na sua forma de composição.»

Composta em quatro movimentos, aqui temos a interpretação completa d’il conduttore italiano Claudio Abbado. Regozijam-se.

Anúncios