O grito silencioso

Uma vez mais, um artigo que nada tem a ver com música, mas com humanismo, um dos pilares que defini para este blogue. Aviso que o conteúdo pode chocar as pessoas mais sensíveis.

Produzido por um dos maiores ex-abortistas do mundo que passou a ser uma das pessoas que mais defende a vida, o documentário revela como o aborto deve ser considerado um crime pelo feto ser uma vida humana e sentir dor. Nem direi mais palavras, deixo-vos aqui a descrição do vídeo no Youtube:

«Bernard Nathanson, em seu livro The hand of God, arrola as técnicas utilizadas para tirar a vida de seres humanos no ventre materno. Como médico, ele próprio dirigiu pessoalmente por volta de 75.000 abortos, nos Estados Unidos. Chegou a provocar o aborto de um filho seu, concebido em relação que mantivera com aluna do quinto ano da Faculdade de Medicina. Começou a repensar o assunto em 1974, percebeu que era um homicida de crianças, arrependeu-se e passou a ser, então, um defensor da vida. No oitavo capítulo de seu livro, refere-se, entre os métodos abortivos, ao sistema de aspiração, introduzido por Bykov, em 1927, e difundido no mundo inteiro, como forma de extermínio em massa de nascituros. Conta, inclusive, um episódio que acompanhou, por ultra-som, de aplicação do método da aspiração (sugar o feto), por uma equipe médica americana. No momento em que o aspirador foi introduzido no útero materno, o feto procurou desviar-se e seus batimentos cardíacos quase dobraram, quando o aparelho o encontrou. Assim que seus membros foram arrancados, sua boca abriu-se, o que deu origem ao título de um outro estudo seu: O grito silencioso.»

Este documentário fez parte da propaganda contra o aborto em Portugal, que muita gente criticou por passarem este tipo de imagens para o público. Mas a verdade custa sempre a engolir para quem defende tamanha atrocidade.

The Century of the Self – documentário BBC

«Esta série conta como o poder usou as ideias de Sigmund Freud sobre o subconsciente humano para controlar as massas, na era da democracia.»

É incrível como a sociedade norte-americana esteve e está tão relacionada com a família Freud; com Sigmund, o criador das teorias sobre o inconsciente humano e pai da psicanálise, com Anna, a reafirmadora das teorias criadas por Sigmund Freud, e por Eddie Bernays, o sobrinho de Freud e criador das Relações Públicas e de como ele ajudou a sociedade norte-americana a tornar-se fútil e consumista introduzindo as teorias do tio na publicidade e no marketing.

Bernays induziu o povo a pensar que o consumidor era o rei no meio de um universo democrático. Mas no fundo no fundo, não passava de propaganda com vista ao lucro e a democracia ao revés: era a manipulação humana que se tinha instalado. Bernays, talvez não parecesse, acreditava na teoria de seu tio Sigmund Freud ao dizer que o humano tinha um subconsciente perigoso que tinha de ser controlado. E, assim, actuou através do instalar do consumismo, uma ilusão de controlo para o público; enquanto as elites manuseavam a sociedade.

É disto que trata a série de documentários em quatro episódios realizada pela BBC sob direcção de Adam Curtis e que tem de nome The Century of the Self, o Século do Ego, o Século do Eu.

Para terem uma melhor noção desta série, num dos episódios podemos ver como os hippies, nos anos 60, contra o poder, foram manipulados de uma forma tão simples. O desejo dessas rebeliões era afirmarem-se enquanto personalidades únicas e poderem-se libertar numa sociedade economicamente reprimida pelo capitalismo. Então, o capitalismo criou uma variedade de produtos apoiando a máxima diversidade. Tais hippies começaram a calar-se, manifestações cessaram, porque não eram nada mais nada menos que consumistas que se queriam impor o seu “eu” no mundo. Foi uma das ideias brilhantes do capitalismo. A sociedade, porém, pensando que era mais livre só se estaria tornando mais propícia à sua manipulação…

Tais ideias chegaram também à política. Tais ideias chegaram também aos meios de comunicação social.

«A sociedade, igualmente aos políticos, tornou-se escrava dos seus próprios desejos.»

Para mais informações: http://www.bbc.co.uk/bbcfour/documentaries/features/century_of_the_self.shtml

§

Aqui ficam os links da série no Youtube já legendados em português. Não os coloquei como vídeos disponíveis para ver no artigo porque torná-lo-iam megalómano.

São quatro horas que não são mal desperdiçadas por nada deste mundo. Um documentário que muitos políticos e empresários não desejam que se veja.

Os links abrem em novo separador.

Máquinas de felicidade (5 partes):

http://www.youtube.com/watch?v=ZndYVCzZAwA – Parte 1

http://www.youtube.com/watch?v=D5afVNljcN4&feature=related – Parte 2

http://www.youtube.com/watch?v=AVIOzXmRbac&feature=related – Parte 3

http://www.youtube.com/watch?v=Qf396_DBpR0&feature=related – Parte 4

http://www.youtube.com/watch?v=eUgoCuGkQpk&feature=related – Parte 5

Engenharia do consentimento (6 partes):

http://www.youtube.com/watch?v=ZzJaoQMdkD4&feature=related – Parte 1

http://www.youtube.com/watch?v=KvuoEBUsy-8&feature=related – Parte 2

http://www.youtube.com/watch?v=3j9yqLgLtDQ&feature=related – Parte 3

http://www.youtube.com/watch?v=6pSNGXhA5yA&feature=related – Parte 4

http://www.youtube.com/watch?v=WyZ39VQa2AI&feature=related – Parte 5

http://www.youtube.com/watch?v=zdzJMYr1s84&feature=related – Parte 6

Há um polícia dentro de nós. Temos que o destruir. (6 partes):

http://www.youtube.com/watch?v=Bw4X_9UUKwI&feature=related – Parte 1

http://www.youtube.com/watch?v=KnHciBZRjfg&feature=related – Parte 2

http://www.youtube.com/watch?v=kjjzC_zClNo&feature=related – Parte 3

http://www.youtube.com/watch?v=h_sCg7WBNHI&feature=related – Parte 4

http://www.youtube.com/watch?v=YdkmcO9Ufpg&feature=related – Parte 5

http://www.youtube.com/watch?v=uyZ5i9HIke8&feature=related – Parte 6

Oito pessoas bebendo vinho em Kettering (5 partes):

http://www.youtube.com/watch?v=GNhLYwyORM0&feature=related – Parte 1

http://www.youtube.com/watch?v=advRJWYLO9s&feature=related – Parte 2

http://www.youtube.com/watch?v=_TCrxsPp2Yk&feature=related – Parte 3

http://www.youtube.com/watch?v=IMKCtuTpl7Q&feature=related – Parte 4

http://www.youtube.com/watch?v=0p9OQzFQhVQ&feature=related – Parte 5